Seguidores

terça-feira, 21 de maio de 2013

O QUE É A POESIA?

                                                   CEDIDO
«Que é pois essa realidade misteriosa a que chamamos poesia?(...) A poesia, no sentido objetivo(...) é, antes de mais, comunicação, estabelecida por meios linguísticos, de um conteúdo anímico global, no seu tríplice aspeto conceptual, afetivo e sensorial.» (Poesia e Linguagem Poética - Alguns problemas da sua pedagogia, páginas 25 e 26 - Estudos - Boletim do Ensino Secundário, Tipografia Bloco Gráfico,Lda.-Rua da Restauração, 387 - Porto - 1975)
Desde a antiguidade helénica que este assunto merece a atenção dos grandes espíritos. Platão e Aristóteles estudaram a Poesia, embora sob óticas diferentes. É sobretudo importante a «Poética» de Aristóteles, onde figura o estudo sobre metáforas, neologismos, a estrutura do poema,etc. Diógenes de Laércio atribui dois volumes à «Poética» - e nós hoje só possuímos um.

A «Poética» que nos resta, portanto, é uma obra incompleta.(...)
Em 1498, ela é traduzida por G. Valla; os Alde apresentam uma edição em 1508; e, no decurso do século XVI, aparecem, ainda, as edições de Paccius, de Nadius, de Robortellus, de Petrus Victorius e de outros. Contudo, só no século XIX é que se fez um exame penetrante ao texto da Poética, sendo digno de especial menção, neste trabalho, J. Vahlen. «As suas três edições sucessivas (Berlim,1867, 1874; Leipzig, 1885) constituem com o seu comentário crítico em Latim e os estudos que consagrou à interpretação da Poética, particularmente nas Memórias da Academia de Viena, um dos monumentos mais duradoiros da filologia do século XIX.» (Hardy, pág. 23 da Introdução à «Poetique» (Aristote) Coleção das Universidades de França. Esta Introdução precede o texto original da Poética). Este exame de Vahlen, como afinal todos os outros estudos críticos, foi suscitado, principalmente, pelo aparecimento de três manuscritos importantes: o Parisinus 1741, que data do século X ou XI; o Ricardianus 46(B), do século XIV; e, finalmente, a Versão Árabe, enquadrada entre os manuscritos do século X.
Também alguns editores ingleses, mormente no século XIX, contribuíram para a divulgação da Poética. Quanto aos editores italianos, avulta Rostagni.
A Poética foi escrita em Atenas, no espaço de tempo que vai do ano 335 a 323 a. C., segundo o comum sentir dos aurores.
Em Portugal, foi traduzida para vernáculo, em 1779.
Na sua obra, o Estagirita compara o poema ao ser vivo. A poesia faz parte das artes de imitação.(...)
Para uma obra de arte ser bela,exige o Estagirita «unidade de ação». Observa Aristóteles: - «Homero, superior em tudo o resto, viu muito bem este aspeto, graças ao seu conhecimento da arte ou ao seu génio: compondo a Odisseia, não contou todos os acontecimentos da vida de Ulisses; por exemplo, que recebeu uma ferida no Parnasso e que simulou loucura quando do ajuntamento dos gregos; acontecimentos em que um deles não devia, tendo sucedido o outro, necessária ou verosimilmente suceder; mas é à volta de uma ação única, no sentido em que nós o entendemos, que ele compôs a sua Odisseia, e também a sua Ilíada. É preciso, pois, que, como nas outras artes de imitação, a unidade de imitação resulte da unidade do objeto.

J.E.Santos - meu pai

11 comentários:

Nilson Barcelli disse...

Um excelente resumo do que é a poesia.
Mas o tema é inesgotável...
Parabéns ao teu pai pelo magnífico trabalho que fez.
Um beijo, minha querida amiga Beatriz.

Franciete Filipe disse...

Olá minha linda, não li mas venho deixar meus votos de que este dia seja repleto de paz, saúde e muito amor no seu coração, deixo para si os meus beijinhos e abraços sempre amiga.
Franciete

Anne Lieri disse...

Parabéns ao teu pai por esse texto tão esclarecedor.A poesia é tão antiga quanto a alma das criaturas!Bjs e boa semana,Beatriz!

Tamara disse...

Qué es la poesía? La poesía eres tu. Un besazo.

Zilani Célia disse...

OI BEATRIZ!
LI O TEXTO E NO FINAL VEJO QUE É DE TEU PAI, LEGAL ISTO.
NÃO SEI PORQUE D TEU COMENTÁRIO NÃO CONSEGUI VIR AQUI, TIVE DE IR NO GOOGLE E DIGITAR TEU NOME, QUANDO O NORMAL SERIA VIR DIRETO, MAS, ENFIM, CONSEGUI RETRIBUIR TUA VISITA, VOLTE SEMPRE.
ABRÇS
http://zilanicelia.blogspot.com.br/

Franciete Filipe disse...

Bom dia meu bem agradecida pelo seu lindo comentário, pela sua presença em minha vida...que DEUS te bendiga sempre, beijinhos de luz e paz.

Mariazita Azevedo disse...

Bom dia, Beatriz
Muito obrigada pela visita à minha «CASA».
De facto, conseguirmos realizar os nossos sonhos é muito, muito bom! Fico feliz por ter conseguido realizar o seu - ir a Marselha.

Este "apontamento" do seu Pai está muito bom, com grande qualidade. Em minha opinião a poesia é uma arte maior, não acessível a todos (a boa poesia, porque escrevinhadores de "poemas" há muitos...).
Eu, que gosto tanto de poesia, não fui abençoada com esse dom - só escrevo prosa. Às vezes, por brincadeira, faço uns versos, mas não passa disso - uma brincadeira.
(não é o seu caso nem da Manuela Barroso, claro!).

Que seu Domingo seja luminoso, e a próxima semana muito feliz.
Beijinhos

vieira calado disse...

Importantes informações!
*
Agora estou a segui-la!
Peço desculpa por qualquer omissão.
Bjsss!

Carlos Rímolo disse...

Querida amiga e poetisa Beatriz !!!

Me senti lisonjeado com mais uma sua visita ao Meu Blog. Obrigado pelo seu carinho para Comigo e meus trabalhos. Estive um pouco Afastado, devido ter ido visitar a minha mãe Em Vila Velha-ES, de quase 90 anos, que não Estava boa de saúde. Com exceção de mim, toda
Minha família mora lá, por isso me demorei um Pouco, mas estou de volta.
Desejo-lhe um lindo dia e maravilhosa semana.
Que haja muita luz em seus caminhos e amor E felicidade em seu coração!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Beijos de luz!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

POETA CIGANO – 27/05/2013

http://carlosrimolo.blogspot.com
“Poesias do Poeta Cigano”

Franciete Filipe disse...

Olá minha querida amiga, que felicidade ter mais uma tão linda flor no meu jardim...se fosse ave seria o pássaro do Paraíso, se fosse cor seria a cor púrpura, se fosse pedra seria ametista ou safira sendo flor será uma linda e simples mas com o melhor perfume a violeta.
Sendo amiga será um anjo de plumagem branca, como é tão bom encontrar tantas correspondências para a definir.
Obrigada Deus... por ter posto no meu caminho todas estas maravilhas. Que seja sempre este ser tão maravilhoso e protegida pelas mãos divinas do mestre...beijinhos de luz estreladas.

ᄊム尺goん disse...

Que orgulho ao final de um texto tão bem elaborado dizer: é meu pai!


beijo