Seguidores

quinta-feira, 24 de janeiro de 2013

BOTÃO DE ROSA

O meu pai publicou no jornal«O Concelho de Estarreja» este soneto,julgo que na data do meu primeiro aniversário. Eu sou a sua primeira filha.

Escreveu assim: À Maria Beatriz,o mais belo poema da minha vida.

Irmã gémea das rosas e da aurora
Beijo de amor tão doce,virginal,
Suavíssima flor de laranjal,
Eu te adoro,criança encantadora!

Sonho do meu sonhar,bendita a hora
Genesíaca,rubra,triunfal,
Que precedeu, um dia,o teu natal
E te deu à minh'alma sonhadora...

Botão de rosa linda,inda em botão,
Neste meu peito,sobre o coração,
Tu hás-de abrir,enfim,ao sol doirado...

Botão de rosa linda!Que beleza!
Botão de rosa branca de pureza!
Sonho do meu sonhar realizado|


   SILVESTRE LUSITANO (é o pseudónimo que costuma usar)

13 comentários:

Beatriz Bragança disse...

Querida Manelinha:
Assim que abri o computador,logo vi as tuas manifestações de carinho e mimo.Lindíssimas,as imagens;belas,maravilhosas,carinhosas,mimosas-as palavras da segunda imagem.Obrigada por teres colocado aquelas palavras na primeira imagem.Fiquei num sino.
Aquele abraço,minha amiga,irmã
Beatriz

manuela barroso disse...

Minha querida!
Parabéns mais uma e outra vez!
Quero que saibas que esses mimos foi a Gracita que me incitou a fazer e são os segundos que faço.
Ainda estão incipientes!
Lindo e fenomenal este soneto de teu pai cuja poesia muito admiro.
Tens uma surpresinha nos Sabores...o blog de culinária.
Depois passa por lá!
Os meus parabéns, minha querida
Enorme abraço!

✿ chica disse...

Vim lá da Manuela te deixar um abração e beijos pelo niver!!1 Tudo de bom, felicidades,chica

Gracita disse...

Oi Beatriz!
Amada miguxinha!!!! Pensou que eu havia me esquecido. Impossível esquecer esta data tão peculiar... o dia do teu niver. Vim do Brasil só pra te trazer meu abraço apertadinho e te desejar milhões... bilhões... trilhões de felicidades.
Parabéns amada! Que hoje você comemore a felicidade de estar aqui podendo colher mais uma exuberante rosa no jardim da existência.
Parabéns!!!!! Parabéns!!!! Muiiiiitos Parabéns!!!!!!!!!
Beijos no coração e muitos afagos na alma.
Te adoro miguxinhaaaaaaaaa!!!

Ps: Tem mimo pra você lá no mimos e selinhos. No link abaixo...
http://gracitaselinhos.blogspot.com.br/2013/01/feliz-aniversario-beatriz.html

Toninho disse...

Que linda e historica partilha Beatriz.
Uma joia para se guardar com carinho,ficou um belo soneto.
Parabens in memoriam.
Então tem festa por aqui,dupla alegria e deixo meu carinhoso abraço de parabens desejando paz e felicidades amiga.
Sempre minha admiração.

Anne Lieri disse...

Beatriz,que beleza de soneto!Seu pai é um artista muito sensivel!Muito linda essa rosa!bjs e bom final de semana!

J Araújo disse...

Pode se sentir cheia de orgulho, é realmente uma bela homenagem.

Beijo

Lúcia Bezerra de Paiva disse...

Ter um pai poeta, é tudo de bom! Belo soneto à primogênita.
Meus parabéns, Beatriz.
Forte abraço.

Sonhadora (RosaMaria) disse...

Minha querida

Ontem não consegui, mas aqui estou para deixar mais um beijinho de parabéns e ler este belo soneto tão cheio de amor e carinho.
Um grande poeta o seu pai.

Um beijinho com carinho
Sonhadora

Arione Torres disse...

Oi amiga, lindo, adorei o que escreveu!
Tenha uma ótima semana, beijos e fica com Deus!!

Evanir disse...

Estou a 7 anos na blogosfera : A viagem é o casula
hoje completando 2 anos de vida.
Quantos momentos alegres e triste também
faz parte da nossa jornada.
Deus permita muitos anos de vida para mim e meu blog
um mundo fantástico.
Onde nossas amizades sem face completa de maneira
sobrenatural minha vida.
Obrigada pelo seu carinho por fazer parte da minha caminhada
muitas vezes cansada ou meu caminhar um pouco mais lento.
Hoje deixo na postagem mil carinhos para você
um mimo desse dia feliz.
E o sorteio de mais 2 livros meus não
importa qual Pais será ganhador receberá com certeza com muito amor.
Pode até pensar porque sorteio tantos livros meus não é mesmo?
Por ele ser bom e de alguma forma deixar um pouco de mim para vocês.
Meu eterno carinho.
Um feliz final de semana.
Beijos na alma e no coração.
Evanir.
Estou só esperando você com muito carinho.

Dorli disse...

Oi Beatriz

Seu pai era um poeta nato e estava abestalhado com a sua criação, pois uma criança pequenina é comparada a rosa branca, tamanha é sua pureza.
Belíssimo poema
Beijos
Lua Singular

Humberto Maranduva disse...

O meu (nosso) pai era, sem dúvida, um artista da palavra. Com conhecimento dele, inspirei-me neste mesmo soneto e escrevi o seguinte:

Irmã gémea das rosas e da aurora
beijo de amor mui doce e virginal
como te quero alma encantadora
suavíssima flor de laranjal

Sonho de só sonhar bendita hora
genésica rotunda tal e qual
cativo coração que se demora
no frémito de ventre triunfal

Papoila frágil tão cá dentro acesa
no meu peito de Fé iluminado
quis Deus que fosses ponto de partida


Minha açucena branca de pureza
botão de rosa lindo amordaçado
tu hás-de abrir enfim ao sol da vida

Manuel Bragança dos Santos in "O Rumo e o Sonho" Fólio Edições